FIJ anuncia novas regras para 2018

Regras têm alterações na pontuação e no Golden Score

FIJ anuncia novas regras para 2018
A Federação Internacional de Judô (FIJ) publicou, neste sábado (06/01), no site oficial, documento que consolida as mudanças nas regras de competições da arte marcial.

As alterações valem a partir deste janeiro de 2018 e os campeonatos que ocorrerem até ao final deste ano seguirão com as normas publicadas no início de 2017, após o Seminário de Arbitragem de Málaga.

Confira o documento oficial no site da FIJ

O documento modifica poucos pontos no regulamento de competições de judô. O acúmulo de dois waza-aris volta a resultar em ippon (decreta o vencedor do embate), e o Golden Score (prorrogação) só poderá ser decidido por pontuações técnicas (waza-ari ou ippon), não mais com shidos (infração). O texto frisa que "uma infração nunca é pontuação".

O presidenter da FIJ, Marius Vizer, em comunicado publicado no site oficial da entidade ressalta: "estou contente de introduzir a explicação detalhada do novo sistema de regras. No processo do desenvolvimento do nosso esporte, é de suma importância fazer nosso máximo, primeiro de tudo pelo conteúdo e pela imagem do nosso esporte, para uma melhor compreensão e para a consistência das regras para os judocas e amantes do judô e para o mundo. Estamos continuamente reformando a estratégia em todos os setores da FIJ para fazer nosso esporte mais moderno, impressionante e compreensível para todos. Estou convencido de que os novos elementos das regras e do método do judô serão de grande benefício para a família do judô, espectadores, parceiros e mídia". 

A última alteração da FIJ no esporte que levou 22 vezes o Brasil ao pódio olímpico, tinha sido no início de 2017 visando o novo ciclo olímpico. Agora, a Federação Internacional de Judô volta a modificar as regras de competição.