Comendas do Cinquentário da CBJ

Nédio Henrique, Paulo Wanderley e outros dirigentes recebem comendas do Cinquentário da CBJ

22/03/19 - Presidente da Federação Mineira de Judô (FMJ), Nédio Henrique Pereira, e quase todos os dirigentes estaduais recebem as primeiras Comendas do Cinquentário da Confederação Brasileira de Judô (CBJ).
 
Nédio manifestou a honra, o orgulho e a satisfação de participar das comemorações do aniversário de 50 anos da CBJ.
 
Em meio século de trabalho e conquistas, o judô brasileiro transformou-se em uma potência mundial e numa das modalidades mais vitoriosas do Brasil em Jogos Olímpicos.
 
Silvio Acácio Borges entregou comendas aos presidentes de Federações estaduais e ao presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) homenageados pelos 50 anos de fundação.

Comendas do Cinquentário da CBJ
Na imagem, ao centro, o presidente da FMJ, Nédio Henrique Pereira, com o presidente da CBJ, Silvio Acácio, e o atleta da Seleção Brasileira de Judô, Victor Penalber

Homenagem a ex-presidente

No dia da comemoração do Cinquentenário, a Confederação Brasileira de Judô (CBJ) prestou homenagem especial ao seu ex-presidente e atual presidente de honra, Paulo Wanderley Teixeira, que dirigiu a CBJ no de 2001 a 2017. 

Nesse período, o Brasil conquistou 12 medalhas olímpicas e 30 em campeonatos mundiais; sediou quatro etapas de Grand Slam (2009-2012) e dois Campeonatos Mundiais (2007 e 2013), além dos Jogos Pan-Americanos Rio 2007 e dos Jogos Olímpicos Rio 2016.
 
Paulo Wanderley deixou a CBJ em 2017 para assumir o cargo de vice-presidente do COB. 

Após a renúncia de Carlos Arthur Nuzman, ele assumiu a presidência do Comitê para cumprir o mandato até 2020.

Comendas do Cinquentário da CBJ
Na imagem, da esquerda para a direita, o presidente da FMJ, Nédio Henrique Pereira; Josmar Amaral (presidente da Federação de Judô de Goiás); Danys Queiroz (1º vice-presidente da CBJ); Jaciano Delmiro da Silva (presidente da Federação Pernambucana de Judô) e Reginaldo Fonseca (presidente da Federação de Piauiense de Judô)

Homenagem aos Estados

Comendas do Cinquentário da CBJ
A homenagem aos estados brasileiros pelos 50 anos da CBJ veio dois dias antes da data de fundação. O presidente Silvio Acácio aproveitou a oportunidade da realização da Assembleia Geral Ordinária no dia 15 de março para entregar a comenda aos presidentes de Federações Estaduais presentes à AGO, além dos vice-presidentes da CBJ, José Nilson Gama, Danys Queiroz e Seloí Totti. A medalha foi entregue pelo judoca olímpico Victor Penalber, representante dos atletas na cerimônia.
 
Receberam a comenda do Cinquentenário os seguintes presidentes:
 
Nédio Henrique Mendes da Silva Pereira (Minas Gerais)
Antônio Jovenildo de Silva Viana (Amapá)
Antônio Luiz Milhazes Filho (Alagoas)
David Souza de Azevedo (Amazonas)
Marcelo Ornellas da Cruz França Moreira (Bahia)
Moises Gonzaga Penso (Santa Catarina)
José Caldeira Cardoso Neto (Ceará)
Antônio Carlos Tenório (Rondônia)
Paulo Cezar de Oliveira Ferreira (Roraima)
Georgton Thome Burjar Moura Pacheco (Tocantins)
Tibério Maribondo do Nascimento (Rio Grande do Norte)
Luis Rodolfo Martins Leite (Maranhão)
César Augusto Progetti Paschoal (Mato Grosso do Sul)
Marcio de Oliveira Almeida (Espírito Santo)
César de Castro Cação (Rio Grande do Sul)
Josmar Amaral Gonçalves (Goiás)
Jucinei Gonçalves da Costa (Rio de Janeiro)
Fernando Moimaz (Mato Grosso)
Luiz Gonzaga Filho (Distrito Federal)
Alcindo Rabelo Campos (Pará)
Adjailson Fernandes Coutinho (Paraíba)
Luiz Hisashi Iwashita (Paraná)
Jaciano Delmiro da Silva (Pernambuco)
Reginaldo Azevedo da Fonseca (Piauí)
Durval Américo Corrêa Machado (Sergipe)

A Comenda

Comendas do Cinquentário da CBJ

Manifesto CBJ

Em 2014, junto com o lançamento de sua nova marca, a CBJ lançou também o manifesto que reflete os valores do judô brasileiro e a essência da marca: Preparados para Vencer.
 
A partir desta segunda-feira, uma placa com o texto do Manifesto será fixada na sede da CBJ, no Rio de Janeiro, dando início às comemorações oficiais do cinquentenário, que será celebrado ao longo de 2019 nos eventos oficiais do calendário nacional e em ações especiais da entidade.

Leia o texto do Manifesto na íntegra:
 
"Somos feitos de garra e determinação. Vivemos o coletivo, pensamos no plural e compartilhamos as mesmas crenças.

Crescemos competitivos e construímos um modelo de gestão profissional reconhecido, que traz resultados concretos.

Temos orgulho de representar o judô brasileiro e de poder construir histórias de valor que serão contadas por muitas gerações. Mais que um  esporte, o judô é nossa razão de ser e nossa postura de vida.

Movidos pela paixão esportiva, nos tornamos referência em excelência. Somos a CBJ. Somos preparados para vencer, cada vez mais e melhor
."